Emissões do vulcão de La Palma atingem os Açores

Emissões do vulcão de La Palma atingem os Açores

Esta “situação deverá estar ultrapassada” a partir da madrugada de quinta-feira, indica o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, que prevê a possibilidade de ocorrer um “aumento das concentrações de dióxido de enxofre à superfície”

Emissões do vulcão de La Palma atingem os Açores. O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) indicou, esta terça-feira, que, segundo os resultados do modelo do Serviço de Monitorização Atmosférica do programa Copernicus, “verifica-se uma intrusão de partículas de aerossol sulfato na região dos Açores”, com origem nas emissões do vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, nas Canárias.

Explica o IPMA, em comunicado, que esta situação “causa uma redução de visibilidade semelhante à que ocorreu nos passados dias 29 e 30 de setembro” e que, embora o transporte se verifique acima dos 5000 metros, “prevê-se que possa ocorrer um aumento das concentrações de dióxido de enxofre à superfície”.

“Com a região a ser afetada pela passagem de uma superfície frontal com ondulações e a previsão de ocorrência de precipitação, a atual massa de ar deverá ser substituída ao mesmo tempo que a remoção húmida do aerossol se verifica”, lê-se na nota divulgada no site do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

O IPMA faz saber que está a acompanhar a evolução deste evento e refere que esta situação deverá estar ultrapassada em todo o arquipélago dos Açores “a partir da madrugada de dia 4 de novembro (quinta-feira)”.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
CulturaPortugal

Documentos da viagem de Magalhães candidatos à memória da UNESCO

LusofoniaSociedade

Espanha promove feira dedicada a alunos do Brasil e dos PALOP

Desporto

França bate Espanha e conquista segunda edição da Liga das Nações

Mundo

Forte onda de calor atinge a Espanha

Assine nossa Newsletter