DGS apela à vacinação para reduzir propagação dos vírus SARS-CoV-2 e da gripe

DGS apela à vacinação para reduzir propagação dos vírus SARS-CoV-2 e da gripe

A Direção-Geral da Saúde (DGS) apelou hoje à vacinação contra a gripe e a covid-19, avançando que as pessoas com 80 anos ou mais anos podem fazer o agendamento `online´ para tomarem as duas vacinas

“A DGS apela à vacinação contra a gripe e a covid-19, considerando que esta é decisiva para minimizar o risco de propagação de vírus como o SARS-CoV-2 e da gripe e para diminuir a ocorrência de doença grave”, referiu o organismo liderado por Graça Freitas em comunicado.

Segundo adiantou, é expectável, nos meses mais frios, que se verifique a circulação de vários vírus respiratórios e poderá registar-se “igualmente o impacto das temperaturas baixas na saúde da população”.

Os utentes estão a ser convocados através de uma mensagem SMS para a toma em simultâneo das vacinas contra a gripe e a covid-19, ou apenas para serem imunizados contra a gripe se não forem elegíveis para covid-19.

“Neste sentido, se tem 80 ou mais anos e ainda não foi vacinado contra a gripe e contra a covid-19, basta aceder ao portal https://covid19.min-saude.pt/pedido-deagendamento/ e efetuar o pedido de agendamento”, explicou a DGS, que aconselha os idosos, em caso de necessidade, a solicitar o apoio de terceiros para este procedimento.

No momento do agendamento, deverá ser selecionado o local e a data para a vacinação mais conveniente para o utente, que será, depois, contactado por SMS pelo número 2424 com a confirmação da data, hora e local de vacinação.

O utente deverá responder ao SMS para confirmar o agendamento e, finalmente, deslocar-se até ao local de vacinação, no dia e hora para receber as vacinas. 

“No portal covid-19 será agendada a administração das duas vacinas em simultâneo, mas no centro de vacinação o utente poderá optar pela toma de apenas uma delas”, adiantou ainda a DGS.

Segundo dados de hoje da DGS, 85,9% da população tem a vacinação completa contra a covid-19, cerca de 200 mil já receberam a terceira dose ou a dose adicional contra o SARS-CoV-2 e 385 mil foram vacinadas contra a gripe.

A administração em simultâneo das vacinas contra a gripe e a covid-19 arrancou em 18 de outubro em Portugal continental, com a Direção-Geral da Saúde (DGS) a prever vacinar cerca de dois milhões de pessoas nessa modalidade.

A ministra da Saúde, Marta Temido, alertou hoje para “um agravamento” da situação epidemiológica da pandemia de covid-19 na última semana, avançando que este cenário “era de alguma forma esperado” e acompanha a situação europeia.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.149 pessoas e foram contabilizados 1.088.133 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Related posts
MacauSociedade

Saúde de Macau rejeita vacinação ou teste obrigatório em crianças

ChinaSociedade

Mais de três quartos da população da China totalmente vacinada

MacauSociedade

Política de zero casos sem alta vacinação é “atrasar o inadiável”

MacauSociedade

Vacinação de proximidade nas escolas retomada na próxima semana

Assine nossa Newsletter