Suspeito de mandar matar duas mulheres em Paraisópolis é executado

Suspeito de mandar matar duas mulheres em Paraisópolis é executado

Polícia informou que Gilberto Lopes Pontes teria sido executado pelo tribunal do crime

A polícia informou que o homem que deu a ordem para matar duas amigas na favela de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, foi executado pelo próprio tribunal do crime.

Segundo o diretor do DHPP, o delegado Fábio Pinheiro Lopes, o criminoso identificado como Gilberto Lopes Pontes, o Tobe, que deu ordem para a execução das amigas Júlia Garcia e Claudia Cristina Menezes, na comunidade de Paraisópolis, em junho deste ano foi morto pelo próprio crime organizado.

Leia mais em Band

Assine nossa Newsletter