PJ detém dois iraquianos em Lisboa por suspeita de terrorismo - Plataforma Media

PJ detém dois iraquianos em Lisboa por suspeita de terrorismo

A investigação contou com o apoio do SEF e das autoridades judiciárias do Iraque. Os dois suspeitos estavam a ser monitorizados desde que entraram em Portugal para pedir asilo. Não cometeram crimes em território nacional, segundo apurou até ao momento a investigação titulada pelo DCIAP.

Dois cidadãos iraquianos foram detidos pela Unidade Nacional de Contraterrorismo (UNCT) da Polícia Judiciária (PJ) por suspeita de adesão e apoio à organização terrorista ISIS / daesh. A investigação foi conduzida pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

Segundo anuncia em comunicado a PJ, estão em causa crimes de adesão e apoio a organização terrorista, de terrorismo internacional e crimes contra a humanidade. A PJ coadjuvou o DCIAP nesta investigação que contou com a colaboração do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

As detenções e buscas tiveram lugar na região de Lisboa, numa operação desenvolvida com a participação da Magistrada do MP titular do inquérito e vários quadros da investigação criminal e peritos da Unidade de Perícia Tecnológica Informática (UPTI) da Polícia Judiciária.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter