150 pessoas em Macau para quarentena devido a surto em aeroporto de Nanjing

150 pessoas em Macau para quarentena devido a surto em aeroporto de Nanjing

Um caso positivo de covid-19 registado em Zhuhai, com origem no aeroporto de Nanjing, levou as autoridades de Macau a decretar quarentena obrigatória de 14 dias para todas as pessoas que viajaram para RAEM oriundas deste aeroporto. No total, 150 pessoas estão nesta situação e entraram no território há quase uma semana

150 pessoas de Macau vão ter de cumprir quarentena de 14 dias pelo facto de terem estado no aeroporto de Lukou, em Nanjing, onde foi dectetado um surto de covid-19 que contaminou um homem de Zhuhai. A medida de quarentena obrigatória está em vigor desde as 6h de domingo.

As autoridades estão em contacto com a centena e meia de pessoas, e revelaram ontem que todos teriam de se deslocar ao terminal marítimo do Pac On, entre as 18h e 23h de ontem, para realizar o teste de ácido nucleico. Foi pedido que levassem consigo documentação de prova do voo em que viajaram.

Além disso, “os familiares [destas pessoas] também precisam de fazer o teste uma vez”, referiu Alvis Lo, director dos Serviços de Saúde (SSM), em conferência de imprensa do centro de coordenação e de contingência do novo tipo de coronavírus.

O responsável adiantou que “os residentes que entraram [no território] até ao dia 21 de Julho não precisam pagar as despesas da quarentena, mas os trabalhadores não residentes sim, de acordo com as normas do hotel em que estão”. Estes podem também requerer a isenção do pagamento.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
MacauPortugal

Quarentena de 21 dias mantém-se para quem vem de Portugal

MacauPolítica

Fronteiras: Macau tem um longo caminho pela frente

MacauSociedade

Marcações disponíveis no Hotel Tesouro para quem vem da Europa

MacauSociedade

Saúde de Macau rejeita vacinação ou teste obrigatório em crianças

Assine nossa Newsletter