Angola prevê gastar 80% dos 342 milhões de dólares para a compra de vacinas - Plataforma Media

Angola prevê gastar 80% dos 342 milhões de dólares para a compra de vacinas

O país tem um plano orçamental para a compra de vacinas contra a Covid-19 acima dos 342 milhões de dólares, mas, deste valor, pretende gastar apenas 80 por cento, tendo em conta os preços acessíveis praticados pelas fabricantes.

De acordo com a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, que prestou a informação, ontem, em Luanda, Angola tem cerca de 30 milhões de habitantes e, deste número, 15,8 milhões é o público elegível para ser vacinado contra a Covid-19. Tal como nos outros países, acrescentou, as vacinas doadas pela Covax  cobrem apenas seis milhões de habitantes. Portanto,  os restantes nove milhões devem ser conseguidos com esforços do Governo.

Sílvia Lutucuta, que falava à imprensa, à margem da visita ao Complexo Turístico Paz Flor (centro de vacinação de alto rendimento), em companhia do embaixador de Portugal em  Angola,  Pedro Pessoa e Costa, acrescentou que, até ao momento, já foram vacinadas na plenitude cerca de 642 mil pessoas.

Leia mais em Jornal de Angola

Assine nossa Newsletter