Intenção nunca foi vender as vacinas, mas ser um facilitador do negócio, diz dono da Davati - Plataforma Media

Intenção nunca foi vender as vacinas, mas ser um facilitador do negócio, diz dono da Davati

Herman Cardenas diz que não tinha garantia das 400 milhões de doses e que havia alocadora entre empresa e AstraZeneca

Em entrevista à Folha por videoconferência na tarde desta quarta-feira (14), o empresário Herman Cardenas reconheceu que não tinha à mão nenhuma das 400 milhões de doses da vacina AstraZeneca cuja venda seus representantes negociaram com o governo brasileiro em fevereiro e março deste ano.

De acordo com o dono e presidente da Davati Medical Supply, empresa com sede no Texas (EUA), o que haveria era uma promessa de alocação das vacinas feita pela empresa de um médico junto à AstraZeneca, mas ele não quis informar nomes, alegando sigilo contratual.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter