Bolsonaro está à beira de um ataque de nervos e será preso se não for reeleito - Plataforma Media

Bolsonaro está à beira de um ataque de nervos e será preso se não for reeleito

Paulo Marinho cedeu casa para QG bolsonarista na eleição de 2018, hoje está com Doria, vê presidente fora do 2º turno e diz que será preso.

Hospedeiro por um ano do QG da campanha de Jair Bolsonaro à Presidência, entre 2017 e 2018, o empresário Paulo Marinho (PSDB) afirma que o presidente está à beira de um ataque de nervos diante dos desdobramentos da CPI da Covid-19.

Ao comentar o tom adotado por Bolsonaro diante das suspeitas de irregularidades nas compras de vacinas, Marinho diz que o presidente mostra destempero por ter consciência do risco de derrota na corrida presidencial de 2022.

“Conheço a peça. O capitão Bolsonaro está à beira de um ataque de nervos”, diz Marinho, chegando a afirmar que Bolsonaro vai ser preso caso não se reeleja.

“O capitão Bolsonaro vai enfrentar a Justiça. E arrisco dizer que vai ser preso pelos crimes que já cometeu e ainda vai cometer até final do mandato.”

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter