Cuba corta telecomunicações para evitar novas manifestações - Plataforma Media

Cuba corta telecomunicações para evitar novas manifestações

Serviço de internet, ainda incipiente na ilha, foi bloqueado.

O regime do Partido Comunista em Cuba bloqueou o acesso aos serviços de telecomunicações na ilha para impedir a convocação de novas manifestações. No domingo (11), milhares de cubanos tomaram as ruas gritando por liberdade e pedindo melhores condições de vida. Nesta segunda (12), o presidente Miguel Díaz-Canel atacou os manifestantes e os acusou de estarem a serviço dos Estados Unidos.

Os protestos se espalharam por mais 20 cidades cubanas após a propagação dos atos na internet. A tecnologia de dados móvel foi implantada na ilha apenas em 2018 e o sistema é controlado pela ditadura.

Cuba passa pela maior crise econômica em 30 anos e sofre com o avanço da Covid-19 e a fome entre a população. Nos protestos, foram registrados saques em mercados e lojas.

Leia mais em Band

Assine nossa Newsletter