Pressão do Congresso derruba Ernesto Araújo, o chanceler de Bolsonaro - Plataforma Media

Pressão do Congresso derruba Ernesto Araújo, o chanceler de Bolsonaro

Ministro era considerado entrave na relação com importantes parceiros estrangeiros

Mais de dois anos depois de ter proferido seu discurso inaugural como chanceler, quando prometeu alinhar o Ministério das Relações Exteriores aos anseios dos eleitores de Jair Bolsonaro, Ernesto Henrique Fraga Araújo pediu demissão nesta segunda-feira (29) —sob pressão do Congresso.

Ernesto, que à época de sua posse era um desconhecido diplomata recém-promovido a embaixador, deixa o posto após ter amealhado a aversão de diferentes setores da sociedade e do governo. Das cúpulas do Congresso Nacional aos generais que aconselham Bolsonaro, de grandes empresários a lideranças do agronegócio, todos se uniram nos últimos dias para tirá-lo da Esplanada.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Related posts
BrasilPolítica

Covid-19: Bolsonaro diz que infeção é mais eficaz do que vacina contra o vírus

BrasilPolítica

Bolsonaro avança na sua estratégia de ameaçar as eleições de 2022

BrasilPolítica

Após anúncio de Bolsonaro, Queiroga diz que para dispensar máscara é preciso vacinar população

BrasilPolítica

Juíz dá cinco dias para Bolsonaro explicar desrespeito por medidas sanitárias

Assine nossa Newsletter