Macau Legend anuncia perdas de 213 milhões de euros em 2020 - Plataforma Media

Macau Legend anuncia perdas de 213 milhões de euros em 2020

O grupo Macau Legend anunciou no domingo perdas de 1.954 milhões de dólares de Hong Kong (213 milhões de euros) em 2020, devido à crise económica provocada pela pandemia de covid-19.

“As receitas de jogo comunicadas pelo Grupo em Macau contraíram aproximadamente 71,0% em relação ao ano passado”, indicou em comunicado a Macau Legend, que opera vários casinos em Macau sob a bandeira da Sociedade de Jogos de Macau (SJM), fundada pelo magnata do jogo Stanley Ho.

O grupo anunciou ainda uma receita de cerca de 76 milhões de euros, quando em 2019 tinha registado 257 milhões de euros.

A Macau Legend é uma empresa com investimentos na agricultura, banca, casino e hotelaria, estando atualmente a desenvolver um projeto turístico em Cabo Verde.

Em relação ao projeto de turismo no país lusófono, o plano de construção do complexo hoteleiro e casino está atualmente a ser revisto.

“Entretanto, os trabalhos de arquitetura exterior do edifício de escritórios foram concluídos. Foi construída uma ponte e uma estrada de acesso para ligar Santa Maria Islet e Praia. A fundação do complexo hoteleiro e do casino está quase concluída”, lê-se no comunicado.

No passado, o grupo anunciou que previa inaugurar no final de 2021 o hotel-casino na cidade da Praia, em Cabo Verde, depois de em 2019 ter previsto a conclusão da obra para o final de 2020.

No início do mês de agosto, o Governo cabo-verdiano admitiu que a pandemia de covid-19 deverá atrasar a conclusão do hotel-casino que o grupo Macau Legend está a construir, mas disse acreditar que o investimento, de 250 milhões de euros, não está em causa.

Em 2015, o então responsável do Macau Legend, David Chow, assinou com o Governo cabo-verdiano um acordo para a construção do empreendimento, tendo sido lançada a primeira pedra do projeto em fevereiro de 2016.

Trata-se do maior empreendimento turístico de Cabo Verde, com um investimento global previsto de 250 milhões de euros – cerca de 15% do Produto Interno Bruto (PIB) cabo-verdiano – para a construção de uma estância turística no ilhéu de Santa Maria, que cobrirá uma área de 152.700 metros quadrados, inaugurando a indústria de jogo no arquipélago.

A obra envolve a construção de um hotel com ‘boutique casino’, de 250 quartos, uma grande piscina e várias instalações para restaurantes, bares e estabelecimentos comerciais, além de uma marina.

O empresário David Chow recebeu uma licença de 25 anos do Governo de Cabo Verde, 15 dos quais em regime de exclusividade na ilha de Santiago. Esta concessão de jogo custou à CV Entertaiment Co., subsidiária da Macau Legend, o equivalente a cerca de 1,2 milhões de euros.

A promotora recebeu também uma licença especial para explorar, em exclusividade, o jogo ‘online’ em todo o país e o mercado de apostas desportivas durante dez anos.

Related posts
Macau

David Chow vende 20% da Macau Legend a líder da Tak Chun

Cabo VerdeEconomia

Pandemia atrasa casino do Macau Legend

Assine nossa Newsletter