Governo angolano vai comprar vacina russa por 111 milhões de dólares

Governo angolano vai comprar vacina russa por 111 milhões de dólares

O Governo angolano vai adquirir seis milhões de doses da vacina Sputnik V, produzida na Rússia, por 111 milhões de dólares (94 milhões de euros), segundo um decreto presidencial hoje publicado em Diário da República.

A ministra da Saúde será responsável pela “verificação da legalidade de todos os atos subsequentes no ato de procedimento até à formação e execução do contrato” e a ministra das Finanças “deve assegurar a disponibilização dos recursos financeiros”.

Além da Sputnik, Angola recebeu já mais de 600 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford, ao abrigo da iniciativa Covax, estando prevista a entrega de cerca de 2,5 milhões de doses até meados de 2021.

Na quinta-feira, Angola recebeu 200 mil doses de vacina Sinopharm, do Instituto Biológico de Pequim, doadas pelo Governo da China e que vão ser distribuídas por algumas províncias do país.

Angola soma 111.231 pessoas imunizadas, desde o início da vacinação no dia 02 de março.

No total, o país africano contabiliza 21.965 infeções por covid-19, dos quais 532 óbitos, 20.250 dados como recuperados, e 1.183 ativos (dos quais nove em estado crítico e sete graves).

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.756.395 mortos no mundo, resultantes de mais de 125,4 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Related posts
BrasilSociedade

Brasil autoriza importação da Sputnik V e Covaxin, mas com condicionantes

AngolaPolítica

João Lourenço destaca avanços na luta contra a pandemia da Covid-19

AngolaEconomia

Covid-19: Situação sanitária em Angola condiciona negociações

AngolaSociedade

Angolanos aderem à vacinação, medo e desinformação são barreiras a vencer

Assine nossa Newsletter