Primeiro-ministro da Costa do Marfim morre na Alemanha

Primeiro-ministro da Costa do Marfim morre na Alemanha

Hamed Bakayoko, primeiro-ministro da Costa do Marfim, morreu hoje na Alemanha, aos 56 anos de idade, devido a um cancro, anunciou a Presidência costa-marfinense.

A morte do chefe do Governo, que era também ministro da Defesa, foi confirmada pelo próprio presidente costa-marfinense, Alassane Ouattara, que em comunicado homenageou o “filho e colaborador próximo, roubado cedo de mais ao nosso afeto”. 

Bakayoko foi transferido para um hospital na Alemanha no fim-de-semana passado, depois de ter estado internado em França. 

Na segunda-feira, havia sido substituído na chefia do Governo por Patrick Achi, secretário-geral da Presidência. 

Interinamente, foi também nomeado como ministro da Defesa Téné Birahima Ouattara, ministro dos assuntos presidenciais e irmão do presidente Alassane Ouattara.

Bakayoko tornou-se primeiro-ministro em julho de 2020, na sequência da morte do seu antecessor, Amadou Gon Coulibaly, devido a problemas cardíacos.

Related posts
Cultura

Cineasta francês Jean-François Stévenin morre aos 77 anos

PolíticaPortugal

Otelo: Estado "curva-se obviamente" perante memória do militar de Abril

Cultura

Artista plástico francês Christian Boltanski morre vítima de cancro

MundoPolítica

Morreu ex-Presidente das Filipinas Benigno Aquino III

Assine nossa Newsletter