Morre Masataka Ota, vereador em dois mandatos e pai do menino Ives Ota - Plataforma Media

Morre Masataka Ota, vereador em dois mandatos e pai do menino Ives Ota

Após o assassinato do filho, comerciante ficou conhecido por apoiar outras famílias e defender punição maior a crimes hediondos

O comerciante Masataka Ota (PSB), pai do menino Ives Ota, morreu na noite desta quarta-feira (24), aos 63 anos, vítima de câncer. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Ota foi vereador durante dois mandatos em São Paulo (de 2013 a 2020).

Ota ficou conhecido nacionalmente após o sequestro e assassinato do filho Ives, aos 8 anos, em agosto de 1997. Ao lado da mulher, Keiko Ota, ele criou o Movimento Paz e Justiça, ficou frente a frente com os criminosos e os perdoou.

Apesar disso, Ota teve a trajetória política marcada pela defesa de leis mais duras para os autores de crimes hediondos e por ser contra a impunidade criminal.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter