Um em cada cinco internados com covid-19 acaba por morrer. Número dispara nos doentes com cancro e demência - Plataforma Media

Um em cada cinco internados com covid-19 acaba por morrer. Número dispara nos doentes com cancro e demência

Doentes oncológicos e com demência não estão na primeira fase de vacinação, mas investigador em saúde pública compreende a opção.

Cerca de 20% dos portugueses internados em contexto hospitalar com covid-19, em enfermaria ou cuidados intensivos, acabam por falecer, com destaque para os idosos e para quem tem algumas doenças prévias.

No topo surgem aqueles que já têm, previamente, um cancro com metástases (49,6%), demência (39%) e cancros malignos ainda sem metástases (36,5%), doenças que não estão nas patologias alvo de vacinação na primeira fase do plano do Ministério da Saúde que ainda não se sabe quando irá terminar tendo em conta os atrasos na entrega de vacinas a Portugal.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Portugal tem o índice de transmissibilidade mais baixo da Europa

EconomiaPortugal

O lado escondido do vírus criou uma pobreza que não sabe pedir ajuda

PortugalSociedade

Cansaço, medo e ansiedade. O isolamento na cabeça dos jovens

PortugalSociedade

Nunca, em nenhum confinamento, os portugueses saíram tanto de casa como agora

Assine nossa Newsletter