Novo presidente da UA valoriza realização da Bienal de Luanda - Plataforma Media

Novo presidente da UA valoriza realização da Bienal de Luanda

O novo presidente em exercício da União Africana (UA) pediu à Comissão da organização continental para coordenar esforços com os Estados-membros, para a implementação com êxito das actividades previstas para o presente ano, com destaque para a realização da segunda edição do Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz em África, marcada para Setembro próximo, em Luanda.

Félix Tshisekedi defendeu o repatriamento das obras de arte fora do continente, salientando que a questão deve merecer grande atenção durante a Bienal de Luanda. Lembrou que o Lema da Cimeira: “Artes, Cultura e Património” tem a ver com o reencontro da cultura africana e regresso às origens dos povos do continente negro. Salientou que os Estados africanos devem usar os seus recursos artísticos como “alavancas” para o bem-estar dos cidadãos.

A Cimeira da UA, que ontem encerrou os trabalhos em Addis Abeba, Etiópia, valorizou o relatório sobre a reforma institucional da organização apresentado pelo Presidente do Rwanda, Paul Kagame, orientada para a mobilização de quadros e obtenção de recursos financeiros com vista ao bom funcionamento da instituição.

Em relação à necessidade da integração do continente, Tshisekedi apelou para a implementação da Zona de Comércio Livre, lançada em Janeiro último. “Temos agora de afinar os instrumentos que vão permitir operacionalizar com sucesso este desafio”, afirmou.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
AngolaPolítica

João Lourenço felicita diplomata Josefa Sacko

MundoPolítica

União Africana reconduz presidente da Comissão e três dos seis comissários

MundoPolítica

Chefes da diplomacia dos países da União Africana em reunião anual a partir de hoje

MoçambiqueMundo

União Africana teve resposta "marginal" às crises em África em 2020

Assine nossa Newsletter