Baralho perde reis, rainhas e valetes para acabar com sexismo

Baralho perde reis, rainhas e valetes para acabar com sexismo

Indignada porque o rei valia mais do que a rainha e porque todas as figuras eram brancas, Indy Mellinck, estudante de Psicologia Forense dos Paises Baixos, decidiu acabar com essa desigualdade de género e raça. Estes são os novos baralhos

A ideia partiu de uma estudante dos Países Baixos e já pode ser encontrada à venda com o nome GSB Cards. Tudo começou no verão, quando Indy Mellinck, a jogar cartas com os primos, ficou surpreendida por saber que o rei valia mais do que a rainha e que todos – reais, rainhas, valetes – eram todos brancos. Por isso, decidiu ela própria reparar essa desigualdade de género e de raça, substituindo as figuras por ouro, prata e bronze, mantendo inalterado o restante baralho.

GSB Cards é o acrónimo de Gold, Silver Bronze, o que em português significa Ouro, Prata e Bronze e os baralhos, que podem ser personalizados, já estão disponíveis online, que podem ser comprados à unidade por 9,95€ ou em pack de dois (19€).

“Este jogo de cartas foi desenhado com uma paixão pela luta pela igualdade de género e raça. O nosso objetivo é que todos se sintam confortáveis ​​jogando cartas ”, conclui Indy Mellinck, citada na imprensa francesa.

Leia mais em Delas

Artigos relacionados
Política

Crise no governo da Holanda nasce após posição "repugnante"

Assine nossa Newsletter