Covid-19: China defende a sua gestão após críticas de especialistas

Covid-19: China defende a sua gestão após críticas de especialistas

A China defendeu ontem a sua gestão da pandemia da covid-19, embora admitindo que devia “esforçar-se para fazer melhor”, após as críticas de uma comissão independente mandatada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O país foi criticado diversas vezes por não ter alertado imediatamente a sua população ou imposto um confinamento no início da pandemia, quando as transmissões entre humanos ainda não estavam confirmadas.

A alegada falta de transparência das autoridades de Wuhan (centro), primeira cidade onde o novo coronavírus foi detetado no final de 2019, e a intimidação pela polícia de médicos locais, que revelaram a situação e foram acusados de “espalhar boatos”, também geraram críticas.

Em julho, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, anunciou a criação de um grupo independente para realizar “uma avaliação honesta” da gestão da crise no mundo e “retirar lições”.

Leia mais em Hoje Macau

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Mais 58 mortes e 1027 novos casos nas últimas 24 horas

BrasilSociedade

Primeiro caso de covid-19 no Brasil completa um ano

PortugalSociedade

Número de mortes diárias cai para 49. Há 1160 novos casos de Covid-19 em Portugal

PolíticaPortugal

Plano de desconfinamento que circula nas redes sociais é falso, diz governo

Assine nossa Newsletter