Lista de espera nos crematórios e morgues hospitalares cheias - Plataforma Media

Lista de espera nos crematórios e morgues hospitalares cheias

Há unidades a recorrer a contentores frigoríficos. Óbitos por covid nestes 15 dias já são 20% do total desde março.

O aumento excecional da mortalidade, também pela pandemia de covid-19, e a preferência crescente pela cremação estão a esgotar a capacidade das morgues para guardar os corpos à espera de vez nos complexos funerários. Há hospitais a recorrer a contentores frigoríficos. O agendamento das cremações, que habitualmente se resolvia em dois dias, está a demorar até uma semana.

Na Grande Lisboa, onde a situação é mais crítica, o Ministério Público tem determinado ao encaminhamento direto para o Instituto de Medicina Legal (IML) na capital de falecimentos em casa ou na rua. No IML, são recolhidos pelas agências funerárias para cremação.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Mais de metade da população considera que os políticos não devem ter prioridade na vacinação

PortugalSociedade

Reino Unido e Itália com mais impacto no início da pandemia em Portugal

PortugalSociedade

Quase menos 200 mil consultas e menos 21 mil cirurgias só em janeiro

PortugalSociedade

46% dos portugueses antecipam confinamento até à Páscoa

Assine nossa Newsletter