Cidadãos angolanos ignoram cada vez mais o uso da máscara - Plataforma Media

Cidadãos angolanos ignoram cada vez mais o uso da máscara

Em média, um cidadão, em cada dez que reside em Saurimo, província da Lunda-Sul, faz uso da máscara facial, revelou o coordenador da Comissão Multissectorial da Lunda-Sul para a Covid-19.

Viegas de Almeida ressaltou que o incumprimento da medida é o principal factor que dificulta o corte da cadeia de transmissão na província e considerou “cada vez mais preocupante” o aumento do número de pessoas infectadas. 

Além de sugerir o reforço da fiscalização por parte das autoridades de ordem pública, Viegas de Almeida apelou para a intensificação das campanhas de mobilização dirigida aos cidadãos. O coordenador da Comissão Multissectorial da Lunda-Sul referiu que a proximidade e tecnologia instalada no Laboratório Regional do Dundo, na vizinha província da Lunda-Norte, permite aos utentes obterem, em três dias, os resultados das amostras colhidas. 

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
AngolaSociedade

“Luanda precisa de um roteiro turístico”

AngolaSociedade

Primeiras pessoas vacinadas não relatam efeitos colaterais

AngolaSociedade

Aumentam crianças arrastadas para as vigílias no “Morro dos Veados”

Angola

Supermercados Kero podem ter novos donos este ano

Assine nossa Newsletter