Macau acaba 2020 com os preços dos alojamentos quase a metade - Plataforma Media

Macau acaba 2020 com os preços dos alojamentos quase a metade

Macau acabou 2020 com os preços dos alojamentos a caírem 49,89% em relação ao ano anterior, devido ao impacto que a pandemia teve no principal setor económico da capital mundial dos casinos, foi hoje anunciado.

O Índice de Preços Turísticos no quarto trimestre de 2020 diminuiu 15,26%, “devido principalmente à redução dos preços dos quartos de hotéis e do vestuário”, indicou a Direção dos Serviços de Estatística e Censos de Macau, em comunicado.

“O índice de preços da secção alojamento (-49,89%) registou a maior diminuição homóloga”, enquanto “os índices de preços das secções vestuário e calçado (-12,49%), assim como divertimento e atividades culturais (-7,56%), desceram”, acrescentaram as autoridades.

Contudo, observou o organismo, o crescimento dos preços da joalharia compensou parte do decréscimo do Índice de Preços Turísticos no quarto trimestre de 2020.

Macau, que não regista qualquer caso de covid-19 há mais de seis meses, mantém fortes restrições fronteiriças, à exceção da China continental.

Apesar da melhoria gradual do número de visitantes, a subida é ainda muito ligeira no território, que normalmente acolhe cerca de três milhões de visitantes por mês, mas que em 2020, devido à covid-19, viu as suas operadoras de jogo a apresentarem centenas de milhões de euros em prejuízos.

De acordo com os últimos dados oficiais, no mês de novembro Macau recebeu pouco mais de 600 mil visitantes, menos 78,1% quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Entre janeiro e novembro entraram no território 5.237.441 visitantes, uma quebra de 85,6% face ao período homólogo do ano passado.

Em 2019, Macau, cuja economia depende fortemente do turismo, recebeu quase 40 milhões de visitantes.

Artigos relacionados
ChinaEconomia

Ho Iat Seng diz que Shenzhen deve aproveitar Macau para explorar mercados lusófonos

ChinaEconomia

Macau e Zhuhai acordam mecanismo para evitar fraudes na compra de casas

ChinaMacau

Morreu Sheldon Adelson, o homem que transformou água em casinos e riqueza em Macau

MacauSociedade

Residentes de Macau devem evitar viajar no Ano Novo Chinês

Assine nossa Newsletter