Guerra com traficantes deixa rastro de mortes na fronteira brasileira - Plataforma Media

Guerra com traficantes deixa rastro de mortes na fronteira brasileira

A guerra do tráfico na fronteira do Brasil com o Paraguai segue com muita violência. Na manhã desta quarta-feira (13), um agente paraguaio foi fuzilado. Na última terça-feira (12), investigadores haviam encontrado uma pessoa que teve o corpo concretado por bandidos. As informações são do Jornal da Band.

O sub-oficial da polícia nacional do Paraguai, Fredy César Diaz, de 30 anos, foi baleado no peito e na cabeça por um homem garupa de uma moto e bateu o carro. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. No veículo, ficaram as marcas dos tiros.

Fredy estava entre os policiais que evitaram o resgate de um chefão do PCC de uma delegacia em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Brasil no início da semana. O grupo tentava libertar Giovanni Barbosa da Silva, o “Koringa” ou “Bonitão”, que havia sido preso horas antes. No dia seguinte, 8 integrantes da quadrilha foram mortos em um confronto em Ponta Porã, Mato Grosso Do Sul, também em região de fronteira.

Leia mais em Band

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Bolsonaro anuncia reabertura de fronteiras terrestres entre o Brasil e o Paraguai

BrasilDesporto

Ronaldinho Gaúcho divulga teaser de autobiografia após retorno ao Brasil

BrasilDesporto

Ronaldinho Gaúcho pode ser libertado na próxima semana

Desporto

As imagens da saída de Ronaldinho da prisão depois de pagar um balúrdio

Assine nossa Newsletter