Estudo identifica artigos de desporto que podem conter substâncias cancerígenas - Plataforma Media

Estudo identifica artigos de desporto que podem conter substâncias cancerígenas

Foram testados produtos como bolas de ginástica, tapetes para yoga, utensílios de natação, calçado de ginástica ou garrafas desportivas.

Alguns artigos de desporto podem ter substâncias prejudiciais para a saúde, sejam cancerígenas ou tóxicas para o sistema reprodutor, indica uma investigação do projeto europeu “LIFE AskREACH” divulgado esta quinta-feira.

Através do projeto foram testados por um laboratório independente e acreditado 82 produtos adquiridos em 13 países europeus, um deles Portugal, e 20 deles continham substâncias que suscitam preocupação, metade deles com elevado teor dessas substâncias.

Segundo um comunicado divulgado pela associação ambientalista Zero, parceira do projeto, foram testados produtos como bolas de ginástica, tapetes para yoga, utensílios de natação, calçado de ginástica ou garrafas desportivas, entre vários outros. Foi avaliada a presença de materiais como plastificantes, retardadores de chama, metais pesados ou alquilfenóis (composto orgânico da família dos fenóis) em artigos de plástico flexível.

No comunicado, a Zero recorda que quando a percentagem daquelas substâncias é superior a 0,1% tal obriga o produtor e o retalhista a informar os consumidores sobre a sua presença, caso estes solicitem tal informação.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
MacauSociedade

Estudo sobre discriminação publicado em revista internacional

MundoSociedade

Covid-19: Perda de olfato atinge mais os doentes ligeiros

EconomiaMundo

Volume de negócios com criptomoedas atinge recorde, diz estudo

ChinaEconomia

Estudo chinês: Fumadores têm mais probabilidades de viver na pobreza

Assine nossa Newsletter