Adiada cimeira regional sobre Cabo Delgado - Plataforma Media

Adiada cimeira regional sobre Cabo Delgado

Uma cimeira extraordinária da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) para debater a violência armada em Cabo Delgado, anteriormente marcada para dia 17 deste mês, foi adiada sem data, disse, ontem, uma fonte oficial à Lusa.

Segundo a mesma fonte, o adiamento deve-se ao número crescente de infecções causadas pela Covid-19 no país. A decisão de realizar uma cimeira extraordinária tinha sido anunciada a 14 de Dezembro do ano passado, após uma reunião de consultas da SADC, realizada em Maputo, um encontro que, além do Chefe de Estado moçambicano, contou com a presença dos Presidentes Cyril Ramaphosa, da África do Sul, Mokgweetsi Masisi, do Botswana,  Emmerson Mnangagwa do Zimbabwe, bem como a da Vice-Presidente da Tanzânia, Samia Sulihu. A violência armada em Cabo Delgado, onde se desenvolve o maior investimento multinacional privado de África, para a exploração de gás natural, está a provocar uma grave crise humanitária.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
Eleitos

Situação da Comunidade Portuguesa em Cabo Delgado e a Cooperação Portuguesa com Moçambique

MoçambiquePolítica

Cabo Delgado: Mudanças na chefia das Forças Armadas sinalizam desejo de inflexão

MoçambiquePolítica

É preocupante a “incapacidade” dos países africanos para resolver violência em Cabo Delgado

MoçambiqueMundo

África do Sul considera "preocupante" a falta de ação regional em Cabo Delgado

Assine nossa Newsletter