Pessoas fogem do país devido à violência na República Centro Africana - Plataforma Media

Pessoas fogem do país devido à violência na República Centro Africana

A violência eleitoral na República Centro Africana (RCA) obrigou mais de 30 mil pessoas a fugirem para os países vizinhos e gerou dezenas de milhares de deslocados internamente, revelaram, sábado, as Nações Unidas.

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) manifestou “a sua profunda preocupação com a violência e insegurança no contexto das eleições presidenciais e parlamentares de 27 de Dezembro” na República Centro Africana, disse o porta-voz do ACNUR, Boris Sheshirkov, segundo a AFP.

Cerca de 185 mil pessoas fugiram para o mato e para a floresta desde 15 de Dezembro, principalmente como medida preventiva. Muitos regressaram desde então às suas casas, mas as Nações Unidas estimam que cerca de 62 mil ainda estão deslocados.

Leia mais em Jornal de Angola

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
MundoPolítica

Secretário-geral da ONU pede fim das hostilidades na RCA a "todos os atores"

MoçambiquePolítica

ACNUR destaca “ambiente de proteção favorável” para refugiados em Moçambique

MoçambiqueSociedade

Abrigo é a principal necessidade dos deslocados de Cabo Delgado

AngolaSociedade

Angola acolhe 56 mil refugiados

Assine nossa Newsletter