Áudio mostra tentativa de Trump de alterar resultado eleitoral na Geórgia - Plataforma Media

Áudio mostra tentativa de Trump de alterar resultado eleitoral na Geórgia

Ao telefone, presidente pressiona secretário de Estado local a ‘encontrar votos’ para superar Biden.

A menos de 20 dias de ter que deixar a Casa Branca depois de ter sido derrotado nas urnas por Joe Biden, o presidente Donald Trump fez um novo esforço para tentar reverter a vitória do democrata ao pressionar o secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, a “encontrar” votos suficientes a seu favor.

Desta vez, entretanto, os apelos do líder republicano beiram o desespero e, de acordo com analistas jurídicos, a ilegalidade e a imoralidade. O caso veio à tona a partir de uma reportagem publicada pelo Washington Post na tarde deste domingo (3).

O jornal americano teve acesso à gravação de um telefonema entre Trump e Raffensperger, realizada no sábado (2). De acordo com o material obtido, em cerca de uma hora de conversa, o presidente repreendeu o secretário, depois tentou bajulá-lo, implorou por ajuda e o ameaçou com consequências criminais vagas.
Biden derrotou Trump na Geórgia ao receber 2.473.633 votos, equivalentes a 49,5% do total. O republicano ficou com 2.461.854 (49,3%), marcando uma diferença de exatos 11.779 votos.

“Veja, tudo o que quero fazer é isso: só quero encontrar 11.780 votos, um a mais do que nós temos [de diferença]. Porque nós ganhamos o estado [da Geórgia]”, disse Trump na ligação, contrariando os números oficiais da eleição.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
Política

"Biden vai trazer luz. E os americanos não quererão voltar à escuridão com Trump"

DesportoMundo

Campeão olímpico norte-americano acusado por invasão ao Capitólio

MundoPolítica

Chance de Trump perdoar a si mesmo ganha urgência na semana final

Política

Trump, a um passo de um segundo impeachment após o ataque ao Congresso dos EUA

Assine nossa Newsletter