Comunicação entre árbitro e VAR poderá ser ouvida em tempo real - Plataforma Media

Comunicação entre árbitro e VAR poderá ser ouvida em tempo real

O presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) admitiu, esta segunda-feira, abrir as comunicações entre árbitro e videoárbitro em tempo real, mas sublinhou que é preciso “tempo, treino e aprendizagem” para dar esse passo.

Durante a conferência “VAR Future Challenges” (Futuros Desafios do VAR), organizada pelo Sporting, José Fontelas Gomes frisou que “neste momento é muito difícil colocar em prática as comunicações em tempo real”, apesar de assumir que “no futuro, esta é a forma de dar maior transparência e credibilidade ao VAR”.

“Precisamos de tempo, treino e aprendizagem. No início, colocámos uns clips nos média para os adeptos perceberem que não havia ali quaisquer segredos, para as pessoas perceberem como trabalhámos com o VAR”, admitiu Fontelas Gomes, reconhecendo haver “muito trabalho para fazer nesta área”.

O presidente do CA considerou ainda que a divulgação das comunicações em tempo real levaria as pessoas a criticar “a forma como o árbitro e o VAR falaram e não a decisão” em si e assumiu que “no futuro podemos fazer mais do que agora”. “A nossa opinião, neste momento, é que precisamos de muitas horas de treino antes de podermos dar este passo”, sublinhou.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter