Pazuello garante início da vacinação contra Covid 5 dias após aval da Anvisa - Plataforma Media

Pazuello garante início da vacinação contra Covid 5 dias após aval da Anvisa

O Ministério da Saúde informou ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta terça-feira (15) que distribuirá a vacina contra a Covid-19 aos estados em até cinco dias após o produto ser autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A pasta também prevê que a vacinação de toda a população possa demorar um ano.

O documento é assinado pelo ministro Eduardo Pazuello e afirma que o governo federal deverá apenas repassar os imunizantes aos estados, que terão o papel de distribui-los aos municípios.

As informações foram prestadas após o governo enviar um plano de vacinação ao STF e o relator do caso, ministro Ricardo Lewandowski, cobrar datas para início e término da imunização da população.

A resposta do Ministério da Saúde, porém, não cita data para o início da campanha. A avaliação da pasta é que não é possível estabelecer um prazo antes do aval da Anvisa e que fixar uma estimativa a partir da decisão da agência reguladora foi a alternativa possível para dar uma resposta ao Supremo.

Especialistas, no entanto, já cobravam o ministério por informações sobre quando a vacinação poderia ser iniciada a partir do momento em que essa autorização ocorrer –o que não constava na primeira versão do plano enviada ao Supremo.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Bolsonaro quer que os vacinados à Covid-19 assinem um termo de responsabilidade

Assine nossa Newsletter