Alemanha fecha comércios não essenciais e escolas até 10 de janeiro - Plataforma Media

Alemanha fecha comércios não essenciais e escolas até 10 de janeiro

A chanceler Angela Merkel explicou as novas medidas com o “número elevado de falecimentos” devido à pandemia de covid-19 e o “crescimento exponencial” das infeções.

Todos os estabelecimentos comerciais não essenciais, assim como as escolas e creches, permanecerão fechados na Alemanha a partir da próxima quarta-feira e até 10 de janeiro, anunciou neste domingo a chanceler Angela Merkel, para tentar travar a segunda vaga do novo coronavírus.

A chefe de governo conservadora citou o “número elevado de falecimentos” devido à pandemia de covid-19 e o “crescimento exponencial” das infeções.

“Somos obrigados a agir e agimos agora”, disse Merkel.

Com este confinamento parcial, as empresas deverão permitir aos funcionários que trabalhem a partir de casa ou facilitar as férias durante as próximas três semanas e meia “para aplicar em todo o país o princípio ‘fique em casa'”.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
Política

Covid-19: Alemanha pagou 10 mil ME a mais em ajudas a empresas

PolíticaPortugal

"Presidência portuguesa da UE pode contar com a parceria da Alemanha"

MundoSociedade

Alemanha, Rússia, EUA... Segunda vaga da covid-19 alastra pelo Mundo

MundoPolítica

Líderes do G20 prometem acesso às vacinas da covid-19 para ricos e pobres

Assine nossa Newsletter