Após votar, Bolsonaro critica urna eletrónica: "Não tem como comprovar que é segura" - Plataforma Media

Após votar, Bolsonaro critica urna eletrónica: “Não tem como comprovar que é segura”

O presidente Jair Bolsonaro votou na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, em Deodoro, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, por volta das 10h35 deste domingo (29). Na saída, ele conversou com a imprensa e mais uma vez criticou o sistema de urnas eletrônicas usado nas eleições brasileiras. 

“Gostaria de ter um sistema seguro que pudesse dar segurança ao eleitor. O voto impresso é uma necessidade. Está na boca do povo. Não adianta bater no peito e falar que [a urna] é segura, não tem como comprovar. Estamos vendo o trabalho dos hackers aí. Tenho conversado com lideranças no Congresso e pretendemos, a partir do ano que vem, partir para isso”, disse.

Leia mais em Band

Artigos relacionados
BrasilEconomia

Bolsonaro sanciona PL de apoio a estados e municípios endividados

BrasilPolítica

Bolsonaro promove a sua nova conta no Telegram após o veto do Twitter a Trump

BrasilPolítica

Reação de Bolsonaro e Ernesto à invasão do Capitólio dificulta relação com Biden

BrasilDesporto

Bolsonaro recebe convite para assistir a abertura de Tóquio 2020

Assine nossa Newsletter