Obama fala sobre o pânico que emergiu nos EUA como reação a primeiro presidente negro - Plataforma Media

Obama fala sobre o pânico que emergiu nos EUA como reação a primeiro presidente negro

Em memórias publicadas nesta terça, ex-presidente faz observações pouco gentis sobre Lula e Putin

Poucos dias após a eleição de Barack Obama em 2008, o presidente George W. Bush ligou para cumprimentar o democrata pela vitória histórica. Fosse “pelo respeito que ele tinha pela instituição” ou por “decência pura e simples”, Bush fez de tudo para ajudar Obama na transição, e as filhas do republicano chegaram a reorganizar sua agenda para levar as filhas de Obama em um tour pelas “partes divertidas” da Casa Branca.

Quando o ex-presidente Obama descreve em seu novo livro a civilidade com que Bush o ajudou na transição, é inevitável não pensar nas atitudes do atual mandatário americano, Donald Trump, que se recusa a admitir a derrota na eleição e atrapalha a transferência de poder para o presidente-eleito Joe Biden.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Ex-terrorista Battisti vê cinismo de Lula e culpa-o por eleição de Bolsonaro

Política

Lula afirma que Bolsonaro vai ter que 'aprender a perder'

BrasilPolítica

Lula mantém vantagem sobre Bolsonaro

BrasilPolítica

Lula tem 23% dos seus eleitores de direita, e Bolsonaro, 29% de esquerda

Assine nossa Newsletter