Espanha julga sobreviventes de célula terrorista do atentado de Barcelona - Plataforma Media

Espanha julga sobreviventes de célula terrorista do atentado de Barcelona

Mais de três anos após o duplo atentado que matou 16 pessoas em Barcelona e em outra cidade catalã, a Justiça espanhola inicia, na terça-feira (10), o julgamento dos sobreviventes da célula jihadista.

Haverá apenas três pessoas no banco dos réus: dois supostos integrantes do grupo e um colaborador. Os autores do atentado de agosto de 2017, reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI), foram mortos a tiros pela polícia.

O suposto ideólogo, um imã que radicalizou uma dezena de jovens de origem marroquina na cidade montanhosa de Ripoll (100 km de Barcelona), morreu na explosão de artefatos explosivos que preparava em um chalé em Alcanar, município entre Barcelona e Valência.

Leia mais em IstoÉ.

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Senado brasileiro aprova inclusão de discriminação racial e sexual como agravantes em crime

FuturoMundo

Hidroxicloroquina não previne contágio nem combate a Covid-19, diz estudo

BrasilPolítica

Defesa de Lula afirma não ter acesso a provas e vai ao STF para paralisar ação

MoçambiqueMundo

Cabo Delgado: Mais de 500 detidos na Tanzânia serão extraditados para Moçambique

Assine nossa Newsletter