Chilenos pausam protestos e aprovam nova Constituição em plebiscito histórico - Plataforma Media

Chilenos pausam protestos e aprovam nova Constituição em plebiscito histórico

Com quase 94% das urnas apuradas, a aprovação da mudança vence por ampla margem (78%)

Pouco mais de um ano depois dos protestos que incendiaram o Chile, deixaram 30 mortos e dezenas de feridos e forçaram o governo a convocar um plebiscito histórico, o país foi em massa às ruas neste domingo (25) para decidir se quer ou não uma nova Constituição.

Com quase 94% das urnas apuradas, a aprovação da mudança vence por ampla margem (78%).

Às 21h25, o presidente Sebastián Piñera declarou que a votação marca o “princípio de um processo constituinte”. Ele disse ainda que faria de tudo para “impulsionar uma nova Constituição em que estejam refletidos os valores e princípios que marcam a alma da nossa sociedade, que reconheça e proteja os cidadãos de abusos e de discriminações, que reforce o Estado de Direito, a Justiça e igualdade”.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
DesportoPortugal

Portugal goleia Chile e fica em primeiro do grupo no Mundial de hóquei em patins

MundoPolítica

PR iraniano acusa Estados Unidos de tentarem desestabilizar país

MundoPolítica

Protestos no Irão continuam com greves e manifestações, apesar da repressão

Política

Biden anunciará mais sanções contra o Irão por repressão de protestos

Assine nossa Newsletter