Criado programa para inserir mais meninas rurais nas escolas -

Criado programa para inserir mais meninas rurais nas escolas

O Presidente da República, João Lourenço, deu a conhecer, ontem, a existência, no país, de um programa inclusivo que visa permitir a inserção do maior número possível de meninas, sobretudo das zonas rurais, nas escolas.

Ao discursar , por videoconferência, no Fórum Global da Unesco sobre Educação, que juntou Chefes de Estado de todos os continentes, João Lourenço esclareceu que a selecção delas para o referido programa resulta do facto de serem vítimas, desde tenra idade, de entraves culturais, estereótipos sociais e marginalização, que as empurra para o trabalho infantil e gravidez precoce.

O Titular do Poder Executivo garantiu, que, apesar do quadro sombrio provocado pela pandemia da Covid-19, Angola não se deixou abalar e, com resiliência, está a implementar medidas para mitigar os efeitos negativos da doença nas mais diversas áreas da vida social.

Sublinhou que a Educação, apesar da sua transversalidade e principal guia para chegar ao conhecimento, através da ciência e tecnologia, também foi “severamente afectada”.

O Presidente da República revelou que mais de 13 milhões de alunos matriculados no presente ano lectivo viram-se, temporariamente, confinados em casa e privados do acesso às aulas. “Decidimos pelo retorno gradual das aulas, a partir do passado dia 5 de Outubro, tendo, para o efeito, elaborado um calendário lectivo reajustado com os respectivos programas mínimos e orientações metodológicas”, esclareceu.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Bolsonaro assume Ministério do Ambiente pró-agronegócio

AngolaSociedade

Primeira-dama apela a mais apoio aos mais de 5 milhões de mulheres rurais angolanas

BrasilSociedade

Iniciativa pagará a produtores rurais na Amazónia para que conservem as suas matas

China

Satélites ajudam agricultura

Assine nossa Newsletter