Brasil deveria discutir legalização da canábis baseada em evidências, diz epidemiologista - Plataforma Media

Brasil deveria discutir legalização da canábis baseada em evidências, diz epidemiologista

Uso entre adolescentes não aumentou nos EUA pós-liberação, mostram estudos da brasileira Silvia Martins

Argumento frequente contra a legalização da maconha, o aumento do uso entre adolescentes não se concretizou em estados americanos que passaram a permitir a venda da substância, diz a epidemiologista brasileira Silvia Saboia Martins, professora da Universidade Columbia, que estuda o tema usando dados do Levantamento Nacional sobre Uso de Drogas e Saúde dos EUA.

“Existem algumas pessoas que lançam a hipótese de que, por conta da legalização, os pais podem estar mais vigilantes”, afirma a pesquisadora, que cita outra pesquisa segundo a qual a percepção sobre os riscos de usar a cânabis aumentou entre adolescentes mais novos.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Artigos relacionados
MundoSociedade

ONU reconhece potencial terapêutico e retira canábis da lista de drogas mais perigosas

MundoSociedade

Propriedades medicinais da canábis reconhecidas pela ONU

MacauPolítica

Canábis: Legalização tem influência negativa, diz secretário para a Segurança de Macau

Cabo VerdeSociedade

Polícia descobre plantações com 12 toneladas de canábis em Cabo Verde

Assine nossa Newsletter