Mulher rural responsável pela produção de 80 por cento de alimentos

Mulher rural responsável pela produção de 80 por cento de alimentos em Angola

A secretária de Estado para a Família e Promoção da Mulher, Elsa Barber dos Santos, informou, nesta quarta-feira, na comuna do Lombo, em Luanda, que a mulher rural é responsável por 80 por cento da produção de alimentos e matéria-prima do país.

Falando no acto central da jornada nacional do meio rural 2020, ressaltou que está produção resulta de uma participação de 37 por cento da mulher rural, constituindo a maior força de trabalho no sector agrário.

Conforme a responsável, a educação e capacitação técnica é um meio essencial para se superar os desafios mulher no meio rural no acesso aos meios de produção e imputes agrícolas, ao microcrédito, aos serviços sociais básicos, a terra e escoamento dos produtos.

O empoderamento da mulher deve ser tido como uma referência incontornável para o desenvolvimento sustentável para ser aumento os esforços para o alargamento do sistema de produção, aumento do acesso aos serviços essenciais básicos e infra-estruturas sustentáveis para efectivação do trabalho da mulher mo meio rural, garantindo o seu empoderamento e consequentemente o desenvolvimento local, diversificação da economia das comunidades do país.

Para tal, o Ministério da Acção Social Família e Promoção da Mulher está a promover um ciclo de formação para criação de cooperativas que decorre desde este mês até ao dia 18 de Novembro, com o objectivo de fomentar o processo de formalização de 30 cooperativas e a criação de pequenos negócios familiares sustentáveis destinados a grupo de mulher, jovens membros de associações e cooperativas dentre as quais algumas do sector agro-pecuário e precatório.

Homenagear as mulheres que produzem alimentos e matérias-primas no campo deve ser feita frequentemente, pelo que encorajaram todas as mulheres que contribuem para o crescimento das suas comunidades.

Artigos relacionados
AngolaEconomia

Privatização da TAAG prevista para 2022

AngolaPolítica

Obras do metro de superfície de Luanda começam em Janeiro

AngolaSociedade

Bispos da IURD condenados em Angola por desobediência à Polícia

AngolaEconomia

Salários em Angola até 100 mil ficam isentos de IRT

Assine nossa Newsletter