Novo calendário escolar em Angola vai de Setembro a Julho -

Novo calendário escolar em Angola vai de Setembro a Julho

Os próximos anos lectivos e académicos, tanto no ensino superior quanto em outros níveis de ensino, no país, terão início em Setembro de cada ano e terminam em Julho do seguinte.

A decisão saiu, ontem, da 9ª sessão ordinária do Conselho de Ministros, orientada pelo Presidente da República, João Lourenço. A reunião aprovou o Calendário Escolar Quadro a vigorar em todas as Instituições de Educação Pré-escolar, Ensino Primário e Ensino Secundário, com a finalidade de fixar o período lectivo, preparar o ano lectivo, determinar os momentos solenes, as actividades escolares, lectivas, de avaliação e os períodos de interrupções e férias.

O comunicado da reunião informa que o referido calendário aplica-se a todas as instituições públicas, público-privadas e privadas de educação e ensino, que funcionam com o currículo oficial. Para este ano, devido às complicações impostas pela pandemia da Covid-19, o reinício das aulas presenciais, de forma gradual, nas escolas públicas e privadas nacionais, está previsto já para segunda-feira.

No quadro do novo Decreto sobre a Situação de Calamidade Pública, as escolas devem reiniciar o funcionamento, numa primeira fase, com alunos das classes de exame (6ª, 9ª, 12ª e 13ª classes). As restantes classes do ensino secundário têm o arranque marcado para o dia 19, também deste mês. Já os demais grupos do ensino primário e pré-escolar devem retomar às aulas no dia 26.

Restrições no consumo de bebidas alcoólicas

A sessão apreciou, para envio à Assembleia Nacional, a proposta de Lei sobre o Regime de Acesso e Consumo de Bebidas Alcoólicas, diploma que estabelece o regime jurídico de disponibilização, venda e consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos e abertos ao público.  A proposta tem como objectivo proteger a saúde dos cidadãos, através da redução do consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Leia mais em Jornal de Angola

Related posts
AngolaSociedade

Mais de 50 empresas angolanas interessadas em gerir aterro sanitário de Luanda

AngolaSociedade

Sobe para 10 número de mortos devido a bebida alcoólica adulterada em Luanda

AngolaPortugal

Cinco empresas portuguesas juntaram-se hoje à mega limpeza de Luanda

Angola

Chuvas torrenciais em Luanda fazem 14 mortos e deixam 8.000 pessoas desalojadas

Assine nossa Newsletter