Farmacêutica Moderna contradiz Trump: não haverá vacina até às eleições - Plataforma Media

Farmacêutica Moderna contradiz Trump: não haverá vacina até às eleições

O diretor-executivo da empresa Moderna garante que antes do final de novembro não será entregue nenhum pedido de autorização para a vacina contra a covid-19 e aponta a primavera de 2021 como prazo razoável para ter uma vacina pronta a distribuir aos americanos.

A vacina que está a ser desenvolvida pela empresa norte-americana Moderna Therapeutics – uma das mais avançadas, já na fase 3 de testes – não estará disponível até ao final de novembro – falou em 25 de novembro -, o que significa que não estará pronta antes das eleições presidenciais nos EUA, a 3 de novembro, como Donald Trump tem desejado e anunciado.

O diretor executivo da Moderna disse que a empresa não pode solicitar autorização para a vacina pelo menos até ao final de novembro. Stéphane Bancel disse ao jornal Financial Times que a farmacêutica não vê como possível pedir autorização de uso ao regulador americano Food and Drug Administration (FDA) antes de 25 de novembro.

Além disso, Bancel acrescentou que não espera ter total aprovação para distribuir a vacina a todos os setores da população antes da próxima primavera, provavelmente em março, o que esbarra na alegação de Donald Trump no debate presidencial de terça-feira em que afirmou que uma vacina estaria disponível “muito mais cedo”.

Leia mais em Diário de Notícias

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter