Papa enviou rosário para mulher italiana a quem o ex-marido ateou fogo - Plataforma Media

Papa enviou rosário para mulher italiana a quem o ex-marido ateou fogo

O papa Francisco enviou uma mensagem de apoio pela “horrível história de violência cega” e um rosário abençoado para a italiana Maria Antonietta Rositani, vítima de tentativa de homicídio conjugal

O caso de Rositani voltou à tona na Itália em julho, quando Russo foi condenado a 18 anos de prisão por agredir e atear fogo no corpo da então esposa.   

Segundo o líder da Esmolaria Vaticana, o texto escrito pelo Papa Francisco manifesta “viva consternação” pela “horrível história de violência cega” que a italiana sofreu. “O papa Francisco me encarregou de assegurar a sua proximidade na oração, e ao mesmo tempo, enviar-lhe um rosário abençoado por ele”, ressaltou Krajewski.   

Rositani, por sua vez, afirmou que ficou “muito comovida em saber que estou nas orações do nosso Papa e o agradeço muito por isso”. “Rezarei o terço que ele me enviou. Foram momentos de grande emoção. Obrigada, papa Francisco”, disse a italiana.   

A tentativa de assassinato de Rositani foi cometida em 11 de março do ano passado. Russo bateu no carro dela e jogou um galão de combustível pela janela do veículo, ateando fogo na sequência. Assim que cometeu o crime, ele fugiu. A italiana só não faleceu porque foi ajudada rapidamente, mas ainda sofre com a recuperação, tendo passado por diversas cirurgias.   

Leia mais em ISTOÉ

Related posts
Política

Mario Draghi renuncia ao cargo de primeiro-ministro em Itália

Política

Mario Draghi propõe novo pacto em Itália

Política

Começam negociações políticas na Itália sobre futuro do governo

PolíticaSociedade

Medidas de segurança após avalanche geram polêmica na Itália

Assine nossa Newsletter