Terroristas abatidos em Cabo Delgado - Plataforma Media

Terroristas abatidos em Cabo Delgado

As Forças de Defesa e Segurança de Moçambique anunciou esta quarta-feira que matou 59 terroristas no Norte de Moçambique, na província de Cabo Delgado, durante a última semana

O comunicado surge um dia depois da ocupação do Porto de Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, por parte dos terroristas do Estado Islâmico.

Os insurgentes andavam a tentar ocupar o distrito de Mocímboa da Praia há cerca de uma semana, e infiltraram-se nas comunidades antes de atacar as aldeias locais, revelou o Comando Conjunto das Forças de Defesa e Segurança (FDS), em comunicado.

“Temos vindo a obter resultados operacionais no decurso das ações de defesa da população contra os terroristas, salientando que houve 59 baixas humanas [terroristas], destruímos seis campos e meios utilizados pelos mesmos”, pode ler-se ainda o comunicado.

As FDS reiteraram o compromisso na restauração da ordem pública e segurança na área, adicionando operações ofensivas para neutralizar os terroristas que têm utilizado a população para se “escudar”.

“Pedimos a colaboração de todos para reportar a existência de homens armados ou movimentos anormais que possam testemunhar no território nacional”, pedem as autoridades.

Pelo menos 280 malfeitores, de entre nacionais e estrangeiros, que actuam em alguns pontos da província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, foram neutralizados pelas forças de segurança afetas ao Governo liderado por Filipe Nyusi.

O Primeiro-Ministro do país, Carlos Agostinho do Rosário, afirmou esta quarta-feira, na capital Maputo, que esta operação é corolário da estreita colaboração e denúncia feita pelas populações locais.

Este artigo está disponível em: English

Related posts
MoçambiquePolítica

Violência em Cabo Delgado provoca erosão dos direitos humanos em Moçambique

MoçambiquePolítica

Cimeira da SADC para debater missão militar em Cabo Delgado

ChinaMoçambique

Gás natural em Moçambique: Projetos poderão ser substituídos pelo investimento chinês

Moçambique

Ataque no norte de Moçambique faz dois mortos e destrói casas

Assine nossa Newsletter