Notas de 200 kwanzas entram em circulação - Plataforma Media

Notas de 200 kwanzas entram em circulação

A nota de 200 é a primeira da nova família do Kwanza “série 2020” a entrar em circulação, a partir de hoje. O Banco Nacional de Angola (BNA) assegura ter colocado à disposição dos bancos comerciais e delegações regionais quantidades suficientes para que as transacções monetárias passem, doravante, a contar com esta nota.

De acordo com o director do Departamento do Meio Circulante do Banco Nacional de Angola, Sebastião Banganga, as novas notas resistem mais aos rasgos e à sujidade, o que reduz os níveis de desgaste. Também resistem mais à água, característica que coloca ao dispor dos utilizadores notas mais duráveis e com padrões de segurança facilmente identificáveis, eliminando quaisquer possibilidades de falsificação.

Para o responsável do Banco Central, a população poderá ter o acesso às notas junto dos bancos comerciais e mesmo nas Caixas Automáticos, vulgo multicaixas. Todavia, embora tenha sido feita a parametrização para que as notas sejam dispensadas nos multicaixas, tratando-se de valores menores é bem possível que ainda não sejam estes os meios de pagamento utilizados nos próximos dias.

“Já fizemos o trabalho de distribuição pelas delegações regionais e centros de custódia. Ao menos, em todas as capitais de província, a partir de hoje, a nota de 200 kwanzas da série 2020 está disponível”, garantiu.

Sebastião Banganga apela às populações, quando em posse das notas, a não as reterem, mas sim fazê-las circular, para que o uso no dia-a-dia garanta normalidade, familiaridade e comodidade a todos os agentes económicos.

Lembra que aquando da entrada da actual “série 2012”, no ano 2013, houve momentos em que as pessoas ficavam com as notas novas, um comportamento que provocava constrangimentos desnecessários, porquanto a quantidade disponível é suficiente para uma normal circulação.

Artigos relacionados
AngolaEconomia

Inflação em Angola sobe para 22,2% este ano

AngolaSociedade

Mulher rural responsável pela produção de 80 por cento de alimentos em Angola

AngolaPolítica

Ministro da Justiça angolano está infetado, em "estado estável"

AngolaPolítica

Governo determina recolha de "navios sucata" na baía de Luanda

Assine nossa Newsletter

Vale a pena ler...
Exército sul-africano preparado para entrar em Cabo Delgado