Camões, I.P. atribui 63 Bolsas no curso de Língua e Cultura Portuguesas -

Camões, I.P. atribui 63 Bolsas no curso de Língua e Cultura Portuguesas

O Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. atribuiu bolsas a 63 estudantes inscritos no Curso de Verão de Língua e Cultura Portuguesas que tem início a 6 de julho, online. Esta será uma formação dirigida a um público não falante de Português como língua materna.

As bolsas foram atribuídas a todos os cidadãos que as requereram, oriundos de 28 países, distribuídos por 4 continentes. Concretamente, 23 na Ásia, 22 na América, 15 na Europa e 3 em África. No entanto, a grande abrangência geográfica dos candidatos evidencia a potencialidade de que o curso se reveste, abrindo uma possibilidade adicional de formação a interessados que teriam dificuldade em aceder, de outro modo, a um curso com estas características. A lista integra países como Bangladesh, Filipinas, Equador, Costa Rica, Síria, Egito, Tanzânia ou Geórgia. Contudo, estes juntam-se a países onde a língua portuguesa já tem maior presença em instituições de ensino como o Senegal, a China, o México, a Roménia, o Reino Unido, a Espanha, a Rússia, Cuba ou a Venezuela.

No total, diga-se, o Curso recebeu 268 candidaturas. Este é, assim, um número que as cinco universidades participantes consideram ultrapassar a expectativa inicial.

Este curso de verão online, de Língua e Cultura Portuguesas, resulta de um consórcio entre o Camões, I.P. e cinco Universidades: Aveiro, Coimbra, Minho, Nova de Lisboa e Porto e é aberto a estudantes de todo o mundo. Então o início da formação está agendado para 6 de julho, prevendo-se, ao longo das quatro semanas, 20 a 30 horas de contacto direto com estudantes. Estes serão organizados em turmas com o limite máximo de 15 alunos, e 40 a 60 horas de trabalho autónomo.

Os estudantes que concluírem este Curso receberão uma certificação conjunta de todas as instituições envolvidas, que integram o consórcio.

O Presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, Luís Faro Ramos, destaca o caráter inovador desta formação. “É o primeiro curso de verão à distância de língua e cultura portuguesas e também o primeiro em consórcio de instituições de ensino superior”.

Artigos relacionados
BrasilCultura

Gésio Amadeu, ator de 'Sinhá Moça', 'Renascer' e 'A viagem', morre aos 73 anos vítima da Covid-19

CulturaPortugal

Morreu a atriz e encenadora Fernanda Lapa

CulturaMundo

Neil Young processa Donald Trump por uso indevido de canções

CulturaMoçambique

Mariza lidera ranking dos músicos mais ricos nascidos em Moçambique

Assine nossa Newsletter