Itália admite segunda vaga da pandemia e defende restrições a viagens - Plataforma Media

Itália admite segunda vaga da pandemia e defende restrições a viagens

O Governo defendeu a decisão de manter restrições aos viajantes provenientes de países que não integram a União Europeia.

O ministro italiano da Saúde afirmou esta quinta-feira não poder afastar uma segunda vaga da pandemia de Covid-19 no país e justificou as limitações aos viajantes de países fora da União Europeia (UE) com a prevenção de novos contágios.

“A comunidade científica não descarta [uma segunda vaga] “, disse Roberto Speranza à televisão RAI. “Esperamos que não aconteça, mas, perante o risco, devemos manter as regras de precaução, ou seja, usar máscara, evitar ajuntamentos e lavar as mãos”, acrescentou, apontando também o reforço do sistema de saúde.

Leia mais em TSF

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
ChinaFuturo

China deu vacina contra a Covid-19 a Kim Jong-un, afirma especialista

BrasilPolítica

Secretário escolhido por Paes define 10 medidas contra covid-19 no Rio

EconomiaPortugal

Três mil milhões de euros chegam amanhã a Portugal vindos da Comissão Europeia

MundoSociedade

No Japão há mais suicídios num mês do que mortes por covid-19 em todo o ano

Assine nossa Newsletter