Planalto adia posse de novo ministro da Educação - Plataforma Media

Planalto adia posse de novo ministro da Educação

A posse do novo ministro da educação Carlos Alberto Decotelli foi adiada pelo governo de Jair Bolsonaro depois de reveladas incoerências em seu currículo. A cerimônia estava marcada para esta terça-feira, 30, às 16 horas, mas segundo o jornal O Estado de S. Paulo apurou, o Planalto já avisou que ela não ocorrerá nesta data. Depois das denúncias sobre seu doutorado e mestrado, o governo está repensando se vai manter Decotelli no cargo.

O próprio grupo militar que indicou o ex-professor está constrangido porque foi surpreendido pelos problemas acadêmicos e está avaliando a repercussão do caso. Ele também perdeu o apoio que tinha entre professores da Fundação Getulio Vargas (FGV). Enquanto isso, alas mais ideológicos estão fortemente tentando derrubá-lo antes mesmo de tomar posse.

Sua nomeação foi publicado no Diário Oficial depois do nome anunciado. Durante o fim de semana, a crise aumentou e Decotelli chegou a divulgar uma carta mencionando que sua tese de doutorado não teve a defesa autorizada.

Leia mais em ISTOÉ

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Brasil tem 1.111 mortes em sábado com mais óbitos por Covid-19

BrasilSociedade

Capital paulista reabre bares, restaurantes e salões de beleza na segunda-feira

BrasilPolítica

Juiz dá 48h para Bolsonaro manifestar-se sobre proteção a índios

BrasilSociedade

Amazónia perdeu área de floresta equivalente ao território do Chile em 33 anos

Assine nossa Newsletter

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *