Assinala-se hoje o dia da criança Africana

por Guilherme Rego
Osvaldo Gonçalves

O massacre de Shaperville, Soweto, África do Sul, a 16 de Junho de 1976, está na origem do Dia da Criança Africana. Nessa data, milhões de estudantes negros manifestavam-se, exigindo o direito a uma melhor educação e à aprendizagem nas suas línguas maternas e em inglês em vez do afrikaans nas escolas

O que era para ser uma manifestação pacífica acabou numa tragédia. A polícia disparou e matou vários estudantes. As imagens correram o Mundo e mostraram a verdadeira índole do regime de apartheid. Importante é frisar que os estudantes manifestavam-se a pedir algo que lhes é de direito: melhor educação.

A verdade, porém, é que, passados 54 anos, milhões de crianças africanas são ainda vítima de doenças, violência e fome, sendo a escola um luxo para muitos, enquanto governantes corruptos, um grande número deles, formados no estrangeiro com dinheiro dos seus próprios países, passeia-se em carros de alta gama e leva uma vida incompatível com o que ganha e produz.

Leia mais em Jornal de Angola.

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!