O barão negro que teve mil escravos no Brasil - Plataforma Media

O barão negro que teve mil escravos no Brasil

Foi um dos homens mais ricos do Brasil no século XIX, e como outros homens da alta sociedade não teve problemas em fazer uso da escravatura.

Pode parecer ficção, mas não é e está contada no livro Barão de Guaraciaba – Um Negro no Brasil Império, do historiador Carlos Alberto Dias Ferreira. Francisco Paulo de Almeida foi um homem de negócios brasileiro, do século XIX, que teve centenas de escravos nas plantações de café.

“Não se trata de uma contradição ele ter sido negro e dono de escravos, pois tinha consciência do período em que vivia e precisava de mão de obra para tocar suas fazendas. E a mão de obra disponível era a escrava”, disse Dias Ferreira à BBC Brasil.

Leia mais em Diário de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Related posts
BrasilSociedade

Ministério público brasileiro recebe mais de seis mil denúncias de escravidão e tráfico de pessoas

CulturaMundo

Hamilton, admirado como abolicionista, seria afinal dono de escravos

BrasilPortugal

Enganava brasileiros com promessa de férias para os escravizar em herdade

MundoPolítica

"Foram os europeus, e não os africanos ou asiáticos, que aboliram a escravatura"

Assine nossa Newsletter