Relançamento de transporte marítimo impõe novo dinamismo - Plataforma Media

Relançamento de transporte marítimo impõe novo dinamismo

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, disse hoje que a revitalização do transporte marítimo interno vai reduzir custos e impor novo dinamismo na movimentação de mercadorias no país.

“Este relançamento, além de permitir revitalização de portos secundários, irá certamente impor o dinamismo necessário no movimento de cargas de minérios e outros recursos”, disse Filipe Nyusi, durante a cerimónia de lançamento do projeto em Maputo.

Para Filipe Nyusi, o projeto de revitalização da cabotagem, que esteve parado por 30 anos, vai reduzir os custos de transporte de mercadorias no país e, consequentemente, os preços ao consumidor final.

“Moçambique tem potencial para reestruturar a sua logística, para que esta seja assente em sistemas de transportes integrados e complementares, explorando as vantagens competitivas de cada tipo”, acrescentou.

Numa primeira fase, o projeto é relançado com dois navios da Sociedade Moçambicana de Cabotagem, detida pelo grupo francês de logística Peschaud (75%) e pela estatal Transmarítima (25%).

O serviço passa a ligar o porto de Maputo, capital do país, até Afungi, na província de Cabo Delgado, onde está a ser construído o maior investimento privado em África liderado pela petrolífera francesa Total para exploração de gás natural.

Os navios com gruas para manusear diferentes tipos de carga e contentores vão ligar os dois portos e fazer escala na Beira, Quelimane, Nacala, Pemba e Mocímboa da Praia, em ambos os sentidos.

Dos dois navios, o maior tem capacidade para transportar quatro mil toneladas de carga.

O investimento da SMC ronda os seis milhões de dólares (417 milhões de meticais, 5,2 milhões de euros), segundo dados da empresa.

Segundo dados oficiais, em 2019, 40% da carga manuseada foi transportada usando o sistema rodoviário, que também transportou 90% de passageiros no país.

Artigos relacionados
MacauSociedade

IC revitaliza fábrica de panchões e estaleiros Lai Chi Vun

Assine nossa Newsletter