Revolta racial nos EUA é a maior desde a morte de Luther King em 1968 - Plataforma Media

Revolta racial nos EUA é a maior desde a morte de Luther King em 1968

157 anos depois do fim da escravidão, a população negra norte-americana segue denunciando e lutando contra o racismo – em revoltas que se tornaram cíclicas ao longo do tempo.

A onda de protestos contra o racismo nos Estados Unidos, que se espalhou pelo país após a morte de George Floyd, é a maior em meio século.

Essa é a primeira vez – desde o assassinato do reverendo Martin Luther King em 1968 – que tantas cidades norte-americanas decretam toque de recolher ao mesmo tempo.

Leia mais em Band

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
MundoPolítica

"Trump sabe que será preso se não tiver uma 'carta livre da prisão'"

BrasilSociedade

Um dia após tiroteio em Criciúma, novo ataque acontece em Cametá, no Pará

CulturaMundo

Museus apostam na arte como terapia para acalmar os nervos da pandemia

MundoPolítica

Quatro polícias franceses acusados por agressão brutal a produtor negro

Assine nossa Newsletter