Pandemia destruiu um recorde de 4,9 milhões de empregos no Brasil - Plataforma Media

Pandemia destruiu um recorde de 4,9 milhões de empregos no Brasil

País sente efeitos de medidas de isolamento para conter coronavírus e desemprego sobe a 12,6%

pandemia do novo coronavírus contribuiu para que 4,9 milhões de posto de trabalho fossem perdidos no Brasil no trimestre encerrado em abril, um recorde na série histórica, informou nesta quinta-feira (28) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A população ocupada teve uma queda recorde de 5,2% na comparação com o trimestre anterior, sendo que 3,7 milhões postos de trabalho informais foram perdidos. Hoje, são 89,2 milhões de brasileiros na população ocupada, contra 94,2 milhões em janeiro.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter