Conferência da Área da Grande Baía em Dongguan - Plataforma Media

Conferência da Área da Grande Baía em Dongguan

Arranca hoje e termina sábado em Dongguan a Conferência Académica da Área da Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau (4ª edição da Conferência Académica de Guangdong), organizada pela Federação Académica de Guangdong e o Governo Popular de Dongguan, com o apoio da Agência Xinhua.

“Abraçar uma nova era, aproveitar novas oportunidades e criar novas forças motrizes” é o tema central do encontro. Do programa da conferência consta a apresentação de relatórios, entrevistas, demonstrações de resultados e avanços, exposições, relatórios de investigação e seminários, com foco em áreas como a construção da secção de Dongguan do Corredor de Inovação Tecnológica Cantão-Shenzhen e a transformação de Dongguan num centro avançado de produção e inovação na Área da Grande Baía. A conferência procura também promover um desenvolvimento coordenado e inovador da região, apoiar e acelerar o desenvolvimento de Dongguan e construir um sistema económico e um modelo de desenvolvimento com base em inovação. 

O evento conta com a presença de cerca de 60 académicos e mais de 100 peritos na área da ciência e tecnologia. Além destes convidados também irão estar presentes representantes de empresas-líderes na área da tecnologia. As atividades irão contar ainda com a participação de peritos de Hong Kong e Macau, contribuindo para o conceito de futuro inovador na Área da Grande Baía. Está ainda prevista a apresentação de um relatório especial assim como reuniões sobre assuntos como produção inteligente, medicina regenerativa e inteligência artificial. 

A conferência integra também as necessidades de desenvolvimento inovador da cidade Dongguan, apresentando três grandes seminários sobre uma nova geração de informação tecnológica e produção inteligente, tecnologia de novos materiais e desenvolvimento industrial e, por fim, desenvolvimento da indústria biomédica, correspondendo às três indústrias-chave no desenvolvimento de Dongguan. Ao longo destas atividades, peritos e investigadores vão também discutir com empresas locais estratégias de desenvolvimento com base em inovação. 

Recentemente, a delegação de Dongguan do Partido Comunista e do Governo do município têm implementado várias medidas com base neste conceito, procurando a construção de uma economia inovadora. O passo seguinte será tornar Dongguan numa cidade inovadora a nível nacional com a construção de quatro grandes sistemas: inovação criativa, inovação tecnológica, inovação industrial e conversão de resultados. 

A conferência académica anual de Guangdong é a principal atividade organizada pela Federação Académica da província, sendo esta a quarta edição. A federação junta mais de 200 especialistas académicos cantoneses ou a trabalhar em Guangdong, e cerca de 1300 peritos em tecnologia, todos trabalhando em conjunto para um “banco de ideias” e para a criação de novas propostas tecnológicas. O objetivo final é transformar Guangdong num centro de inovação a nível nacional e numa província que continuamente procure trazer inovação e vitalidade às áreas da ciência e tecnologia.

A Federação, que assumiu a atual designação em maio deste ano, estabeleceu já cooperações estratégicas a vários níveis com regiões como Cantão, Shenzhen, Foshan e Meizhou. 

Xinhua 02.11.2018

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter